Trouble, trouble, trouble

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Abbigail Adler em Ter Jan 06, 2015 4:35 pm



TIPO DA RP: Fechada

ABBY, BENN & TYLER

TAGGS: Dia. Saída do Bloco de Comunicação. Agosto. Verão.

Haru™ Sourcecode




Última edição por Abbigail Adler em Ter Jan 06, 2015 5:05 pm, editado 1 vez(es)

_________________


Abbigail Louise Adler
I feel so close to you right now  

Spoiler:


avatar
Abbigail Adler
Fraternidade Kappa
Fraternidade Kappa

Mensagens : 332
Data de inscrição : 25/12/2012

Perfil Universitário
Apelido: Abby
Idade: 22 anos
Curso: Jornalismo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Abbigail Adler em Ter Jan 06, 2015 4:36 pm


A
vida de Abbigail Adler não poderia estar melhor, estava cursando seu tão sonhado curso de Jornalismo numa das melhores universidade da Ivy League, tinha um namorado lindo que cursava medicina, uma família maravilhosa, e estava cercada de amigas. Sua vida definitivamente não poderia estar melhor. Tirando o fato de que vivia uma mentira.

Era verdade que namorava um cara lindo, mas mentia pra ele o tempo todo quando se tratava do seu pequeno irmão mais novo, que na verdade era seu filho. Filho com o cara que voltara a sua vida, para mexer com sua cabeça. Porém desta vez ela estava determinada a não cometer o mesmo erro duas vezes, não se permitiria se apaixonar por ele. Tyler Maddox estava fora de sua vida, e era assim que ela queria deixá-lo.

E falando no diabo...

Ao sair da sala de História da Comunicação, do outro lado do corredor, Tyler saia de Propaganda Aplicada. Ele cursava Publicidade e Propaganda, então infelizmente estavam no mesmo bloco. O que fez Abby querer desistir várias vezes da faculdade, mas não daria a ele o gostinho de pensar que ela estava fugindo dele, como quem foge do diabo. Por mais que ela estivesse.

Respirou fundo, arrumou sua postura, fingiu não vê-lo, e tentou passar despercebida. Mas ele definitivamente a viu. Não só a viu como correu para alcançá-la quando ela apertou o passo.

Ele quase não teve sucesso, afinal era parado por cada menina no corredor, para dar em cima dele. Ele era muito bonito é claro, na verdade o cara mais irritavelmente deslumbrante que Abby já havia visto. Mas isso não era um problema agora, pois ela já estava vacinada contra a beleza dele.

- O que você quer Maddox? - disse ela, sem perder o ritmo - Vai procurar algum rabo de saia pra se meter embaixo.

Sentiu a mão grande e forte dele, que seu corpo tanto conhecia, segurar seu cotovelo, fazendo-a parar e virar-se para encará-lo. Olhou para mão dele em seu braço, e então para ele de volta, para aqueles intensos olhos azuis cristalinos, mas não deixou-se intimidar. Lançou-lhe seu pior olhar, fuzilando-o. Tudo para esconder o arrepio e tremor que percorreu de seu cotovelo para o resto do corpo. Desde o dedão do pé, até os fios de seu cabelo.

- Eu não tenho tempo para perder com você! - falou entre dentes.

Sentia uma raiva crescente de si mesma, por seu corpo enganar-se daquela forma, reagindo ao mínimo toque dele. Tyler Maddox era uma péssima ideia, uma péssima pessoa, e ela poderia passar o dia todo inumerado coisas ruins vindo dele. Tudo pelo que havia feito com ela no passado.

Mas nada poderia ter sido pior naquele momento que a chegada de Bennet, chegando logo atras dela e presenciando toda aquela cena. Maldita hora. Mas a culpa era dela, é claro. Combinara com o namorado de encontrá-lo na porta de seu bloco, para irem para casa dela. Afinal, era sexta-feira e já fazia um mês que essa era a rotina deles, sextas-feiras era dia de levar Henry para tomar sorvete, ou brincar no parque, ou qualquer outra coisa que seu pequeno quisesse fazer.


I'm waking up


_________________


Abbigail Louise Adler
I feel so close to you right now  

Spoiler:


avatar
Abbigail Adler
Fraternidade Kappa
Fraternidade Kappa

Mensagens : 332
Data de inscrição : 25/12/2012

Perfil Universitário
Apelido: Abby
Idade: 22 anos
Curso: Jornalismo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Tyler Maddox em Ter Jan 06, 2015 8:26 pm

Why you gotta be so rude?

Why you gotta be so rude? Don't you know I'm human, too? Why you gotta be so rude? I'm gonna marry her anyway Yeah, no matter what you say Why you gotta be so rude?
Tyler estava feito um cão atrás de um osso.

Não levem a comparação pro lado pessoal, para começo de conversa. Mas ele estava passando por uma fase nada legal, primeiro por que ele tinha uma pilha de material para ler ate o final dessa semana, segundo por não ter bebido nenhuma gota de álcool durante 24h e terceiro por Abbigail estar perambulando pela faculdade e nem se quer ter dado uma satisfação para Tyler.
Sim, ela devia uma explicação por ter desaparecido da vida dele sem mais nem menos.

Não era mais uma questão de ego, era uma questão de justiça.

Começou a procurar ela em todos os cantos, começou primeiro com seu amigo e também irmão da melhor amiga de Abby, mas ele negou recuou e o enrolou e disse que não sabia de nada. Depois seguiu a tal da melhor amiga dela, a francesinha mal humorada foi direta ao ponto e disse que se Abby estava ótima sem ele na sua vida.
Claramente uma mentira, repetiu Tyler para si mesmo.

Então puxou a ficha dela e descobriu qual aulas ela teria, onde estava dormindo e mais algumas coisas, para alguém que só queria conversar, ele estava se saindo um ótimo stalker.

Quando a aula acabou, ele se levantou e saiu praticamente correndo para o corredor, ignorando todos a sua volta, sorriu quando viu uma cabeleira castanha familiar. Acenou para ela e a seguiu, chegava a ser uma situação engraçada a situação.
Você não pode fugir para sempre...- Disse enquanto a seguia, apesar de estar sendo claramente ignorado ele a alcançou e ouviu o seu tom de desgosto ao falar com o moreno.

- Hey, Adler. Quanto tempo! – Disse ironicamente, ele nunca a tratava pelo sobrenome, mas a imitou. – Eu vim em missão de paz, apesar de não fazer a mínima ideia do motivo para você fugir de mim como o diabo foge da cruz. - Tyler fez uma careta e a segurou pelo braço, para que dessa vez ela ao menos fizesse algum contato visual, ele sentia falta daquela garota, daqueles olhos gentis mesmo que não estivesse sendo tão legal com ele, mas ainda sim ele não podia negar que existia uma sobra do que eles haviam sido, e honestamente, ele não ia desistir assim tão fácil de pelo menos saber o que havia acontecido com ela, que havia se tornado uma mulher, linda como sempre, mas havia algo mais ali, ele sabia que havia algo errado, não sabia o que.
Quem disse que eu estou atrás de rabos de saia? Até onde eu sei estou correndo atrás de só uma pessoa.

- Você pode pelo menos me explicar o que aconteceu? – Então eis que entra em cena um rapaz com uma leve cara de sociopata, olhando para o braço que Tyler estava segurando. Tyler franziu a testa e continuou a encarar, esperando por alguma resposta, ou algum sinal.


_________________
avatar
Tyler Maddox
Fraternidade Omega
Fraternidade Omega

Mensagens : 44
Data de inscrição : 30/01/2013

Perfil Universitário
Apelido: Maddox
Idade: 22 anos
Curso: Publicidade

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Bennet Darcy em Qua Jan 07, 2015 2:47 pm

You're mine!
♦ ♠ ♥ ♣

Abby estava demorando mais que o normal para aparecer à porta do bloco, como havia combinado com Bennet. Ela não costumava se atrasar, pois ele sabia que ela estava louca para ver seu irmãozinho. Até Bennet estava. Vinha passando bastante tempo com os Adler no último mês. Passava a maior parte dos seus dias em aula ou estudando para elas, mas às sextas feira sempre estava esperando Abby pontualmente naquele lugar aproveitar uma tarde com ela e o pequeno Henry.

Desde a última conversa deles, Benn não tinha mais pressionado a garota para contar o tal segredo que tanto temia dizer. Desconfiava fortemente do que fosse o segredo e resolveu que não iria força-la a nada. No momento certo ela se entregaria à ele e isso seria uma demonstração e tanto para ele do carinho que ela nutria. Por ora ele apenas aproveitava da companhia dos irmãos e conseguia ver no olhar da namorada como ela apreciava aqueles momentos.

Bateu o pé no chão impaciente. Tinha acabado de sair de uma aula de Neuroanatomia que durara a manhã toda com aquela voz monótona do professor. Não dormir foi um esforço muito grande para o rapaz e no momento estava sem paciência para esperar por Abby ali fora o que o fez entrar no bloco.

Não conhecia aquela parte do campus e saiu procurando entre as pessoas o rosto de Abby. Com o corredor muito cheio, resolveu parar em um canto e esperar que a multidão diminuísse e foi ai que viu a morena. Ela não o tinha visto, mas vinha em sua direção. Benn abriu um sorriso que logo morreu em seus lábios ao ver um rapaz se aproximando dela.  Abby não parecia contente e quando o rapaz pegou no cotovelo dela e a virou, Benn resolveu ir até eles. Se ele a estava incomodando, ele iria o por para correr rapidinho.

O problema era aquelas tantas pessoas querendo sair do bloco de uma vez e levou alguns segundos para que conseguisse chegar às costas da namorada.

- Tire suas mãos da minha garota.

Benn falou baixo como sempre e puxou Abby para si. As costas dela batendo de leve em seu peito, liberando-a do aperto do outro.  O corpo da morena estava tenso e Benn tinha certeza que não era pelo contato com o seu. Ela não estava confortável ali.

- O que está acontecendo aqui, Bee? Ele está te incomodando? – tirou os cabelos teimosos do rosto de Abby com sua mão direita (que estranhamente não estava cheia de livros) e estudou sua face, esperando resposta.

avatar
Bennet Darcy
Fraternidade Pi Stigma
Fraternidade Pi Stigma

Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/11/2014

Perfil Universitário
Apelido: Benn
Idade: 21
Curso: Medicina

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Abbigail Adler em Qua Jan 07, 2015 5:16 pm


T
yler já estava dando nos nervos. Abby queria loucamente gritar com ele. O que ele era? Sínico? Não era possível que ele realmente não sabia o motivo dela repeli-lo tanto, dela odiá-lo e maltratá-lo tanto.

Ele realmente se esquecera do que fizera a ela a dois anos atrás? A menos que ele tivesse batido com cabeça e perdido a memória desse episódio da vida dele, ele não podia ter esquecido que a humilhara e enganara. Ele havia mexido com ela, havia se aproximado, conquistando-a, fazendo com que ela se apaixonasse perdidamente por ele, levara-a pra cama, fizera se sentir a mulher mais amada do mundo, pra que depois ela descobrisse que tudo não passara de uma maldita aposta?

Ele até podia poderia ter esquecido de todo o mal que causara a ela, mas estava louco se pensava que ela se esquecera. Ela tinha um motivo para não se esquecer. Um motivo de dois aninhos que a chamava de mamãe. E por mais que Tyler não soubesse da existência do filho, e Abby quisesse que ele nunca soubesse, ela não podia esquecer de todo sofrimento e humilhação.

- Então vou fugir enquanto puder – disse no tom mais azedo que podia - E explicar pra você o que aconteceu?

Sua cara de descrença e o olhar de raiva só aumentaram quando ele pediu que ela explicasse porque o evitava tanto. Quis gritar e soltar todos os cachorros, soltar toda a raiva, mágoa, tudo o que tinha guardado, mas lembrou-se que estava no meio de um corredor lotado de gente, então limitou-se a puxar o braço que ele ainda segurava, mas o seu aperto dele só se tornou mais forte. Ele não a soltaria tão fácil, a não ser por Bennet que acabara de chegar.

Sentiu as mãos do namorado, que ela havia esquecido que estava esperando por ela na porta do bloco, puxarem seu braço, fazendo Tyler finalmente a soltar. Ele exigira que seu ex tirasse as mãos de “sua garota”. E aquilo realmente tinha agradado a ela. [i]Sexy![/color]

Sentiu o corpo dele encostar no seu minimamente, mas sentia-se segura agora. Não era como se achasse que Tyler Maddox fosse bater nela, ele podia até lutar com muitos caras, mas nunca encostara o dedo nela, e que soubesse, nem em nenhuma outra garota. Mas sentia-se segura em relação a não precisar conversar com ele.

- Estou bem – disse baixinho, olhando rapidamente para Benn - Só um contratempo com um antigo conhecido. Mas já terminamos.

E deixou a ultima frase carregada de avisos, e duplo sentido, para Tyler no ar, confirmando com um olhar ríspido.
I'm waking up



_________________


Abbigail Louise Adler
I feel so close to you right now  

Spoiler:


avatar
Abbigail Adler
Fraternidade Kappa
Fraternidade Kappa

Mensagens : 332
Data de inscrição : 25/12/2012

Perfil Universitário
Apelido: Abby
Idade: 22 anos
Curso: Jornalismo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Tyler Maddox em Qua Dez 30, 2015 9:56 am

Why you gotta be so rude?

Why you gotta be so rude? Don't you know I'm human, too? Why you gotta be so rude? I'm gonna marry her anyway Yeah, no matter what you say Why you gotta be so rude?
- Não pode fugir para sempre. - Disse entre dentes. - E por que você está fugindo de mim assim? Sabe o que parece? Que você fez um voto de silencio com seu irmão e aquela francesa maluca que é sua amiga, por que ninguém parece saber o que me dizer em relação a você, pelo amor de Deus! FALE COMIGO, MULHER!

Encarou Abby, que o olhava cheia de ódio, e ele nem sabia ao certo o que havia acontecido, ele havia feito alguma coisa de errado? Até onde ele sabia, quem deveria estar com ódio ali era ele.
Por que ele foi o namorado abandonado, certo?
Pobre Tyler.

- Você precisa me explicar uma coisinha antes, tipo... Por que você sumiu da minha vida sem nem dizer o motivo! - Disse para ela, sendo interrompido. Olhou para aquele projeto mal acabado de ser humano com desdem.
- Sua garota? - Disse sem conseguir esconder seu desprezo. Sua garota...? - Ah, Deus... Da ultima vez que eu te vi, você parecia ter um gosto melhor para namorados, sabe.
Quem ele pensa que é? Quem ele pensa que é pra sair marcando território? Quem ele pensa que é pra sair marcando território NA GAROTA QUE DEVERIA SER DELE?

Respirou fundo e preferiu dialogar. Mas honestamente, ele estava bem puto por ela ter arranjado outra pessoa, sim, ele também tinha, mas ele não gostava da namorada dele, e nem sequer sabia o motivo de continuarem juntos, mas Abby... Ela era diferente, e vê-la com outro foi mais desconfortável do que ele transpareceu.

- Ah, não se preocupe com a sua garota, estávamos aqui só conversando sobre os velhos tempos. - Deu um sorriso falso, olhando para a morena. - De quando ela era a minha garota também, o que não faz tanto tempo assim, não mesmo querida? Ela te contou dos apelidinhos dela? - Riu, quando ela a chamou. - Pelo jeito sim. - murmurou.

- Eu não chamaria isso de contra tempo. - Disse revirando os olhos. - Eu só estava tentando ter uma conversa como adultos aqui, mas está parecendo impossível com você correndo de mim dessa maneira, Abbey.

_________________
avatar
Tyler Maddox
Fraternidade Omega
Fraternidade Omega

Mensagens : 44
Data de inscrição : 30/01/2013

Perfil Universitário
Apelido: Maddox
Idade: 22 anos
Curso: Publicidade

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Bennet Darcy em Qua Dez 30, 2015 1:11 pm




You're mine



O rapaz que falava com Abby parecia bem fora de si, tentando a todo custo conversar com a garota. O problema é que era visível para qualquer um que a garota não queria papo com ele. Benn levantou as sobrancelhas quando ouviu que eles foram namorados. Realmente não esperava por essa, mesmo não sabendo explicar ao certo porquê, mas claro que Abby devia ter tido outros namorados. O que o incomodava talvez fosse que o que o rapaz disse, que não fazia muito tempo. Por que ela nunca comentara com Benn? Oportunidades nunca faltaram. Mas bem, ele não podia a culpar, uma vez que isso não dizia respeito à ele... até aquele momento, já que o cara estava disposto a causar.

– Não me parece que você está tentando conversar como adulto com minha namorada, pelas coisas que está dizendo. Abby disse que não quer conversar. Deixe-a em paz. – Fuzilou o outro com os olhos.

Não queria bancar o super protetor ou ciumento, mas via que Abby queria estar em qualquer outro lugar, menos ali. Alguma coisa naquela cara não deixava a garota feliz.

– Bee, vamos embora. – Disse, esfregando carinhosamente o braço dela, num sinal de conforto. – Henry está esperando pra tomar sorvete. Eu prometi à ele e você sabe como seu irmãozinho fica triste quando nos atrasamos.
.

valeu @ carol!

avatar
Bennet Darcy
Fraternidade Pi Stigma
Fraternidade Pi Stigma

Mensagens : 89
Data de inscrição : 16/11/2014

Perfil Universitário
Apelido: Benn
Idade: 21
Curso: Medicina

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Abbigail Adler em Seg Jan 04, 2016 11:15 pm


A
bby estava em uma situação realmente constrangedora eembaraçosa. Via seu passado e seu presente colidirem-se um com o outro, e tinha a certeza de que aquilo não iria prestar.Tentou acabar com aquela conversa mas parecia que não iria terminar tão cedo, então tentou desconversar.

-Fugir de você? Não estou fugindo. Apenas não quero  conversar com você. E deixe meu irmão e minha melhor amigo fora disso, está bem? Eles apenas sabiam que você não era alguém que eu queria ver.

Então ele a olhou com a maior cara de coitado e se ela não sobesse por tudo o que tinha passado, Abby teria dó, mas não teve é claro.

- Sem nem dizer o motivo? Você so pode estar brincando. Eu fui uma droga de aposta na sua vida Maddox, uma maldita aposta. - Ela falou entredentes, avançando perigosamente para ele, ela queria socá-lo naquele momento. - E você não tem nem sequer ideia do que eu passei...

Então ela se calou, não podia trazer a tona qualquer pista sobre seu filho, e entrar naquele assunto poderia trazer a tona a verdade. E Tyler Maddox definitivamente não merecia nenhum tipo de verdade. Então, Abby observou a disputa de testosterona do atual namorado e do ex namorado. Aquilo estava ficando irritante.

Então Bennet esfregou seus braços e ela quase sorriu para ele, se não fosse pelo fato dele mencionar seu irmãozinho. Tyler não sabia que ela supostamente tinha um irmãozinho. Então ela arregalou os olhos preocupada, olhou para ambos e congelou, não fazia a minima ideia do que dizer. Apenas abaixou a cabeça e puxou o namorado para saírem dali.

- Claro, claro. Vamos embora!
I'm waking up


_________________


Abbigail Louise Adler
I feel so close to you right now  

Spoiler:


avatar
Abbigail Adler
Fraternidade Kappa
Fraternidade Kappa

Mensagens : 332
Data de inscrição : 25/12/2012

Perfil Universitário
Apelido: Abby
Idade: 22 anos
Curso: Jornalismo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trouble, trouble, trouble

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum